O sítio do INA utiliza cookies para melhorar o seu desempenho e a sua utilização. Os cookies utilizados para as ações essenciais do sítio encontram-se definidas. Consulte a política de privacidade.

Eu aceito cookies.

  • Última actualização: 14 julho 2020

Assinatura de Declaração Colaborativa

noticia DeclaracaoMais de 20 dirigentes da Administração Pública assinaram, dia 16 de junho, uma Declaração Colaborativa que irá permitir desenvolver projetos conjuntos e criar valor público.

Entre março e maio, 75 dirigentes e trabalhadores de 27 entidades da Administração Pública e da sociedade civil mobilizaram-se e criaram o Plano de Trabalho Colaborativo que permitiu criar instrumentos, guias e linhas de orientação para lidar com os desafios da pandemia, o isolamento e o trabalho à distância.

Desta iniciativa nasceu a Declaração Colaborativa que foi assinada, dia 16 de junho, por mais de 20 dirigentes da Administração Pública, numa cerimónia que decorreu no Ministério da Modernização do Estado e da Administração Pública, e que contou com a presença da Ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública.

Na sua intervenção, a Ministra Alexandra Leitão saudou a ação dos dirigentes públicos e sublinhou que o novo Ministério pretende «ser um catalisador das boas práticas que já existem na Administração Pública» e de que é exemplo a Declaração Colaborativa.

Na cerimónia, que decorreu em Lisboa, estiveram ainda presentes os secretários de estado da Inovação e da Modernização Administrativa, Fátima Fonseca, e da Administração Pública, José Couto.

Este documento prevê a criação de um grupo de coordenação que irá apresentar um novo plano de trabalho colaborativo com "um conjunto de projetos que procurem alcançar objetivos conjuntos e criar valor público, em particular em domínios transversais que operacionalizem a estratégia para a modernização do Estado e da Administração Pública".
Gestão da mudança e de processos transformacionais, prestação de serviços e de utilização de novas tecnologias e projetos de gestão ou utilização de novas tecnologias são alguns exemplos, como se lê no portal do Governo.

A Secretária de Estado da Inovação e Modernização Administrativa lembra que "a colaboração permite quebrar as fronteiras tradicionais da organização administrativa, reforçar as competências das equipas, estimular o empreendedorismo das pessoas e gerir melhor os recursos públicos".

foto noticia 1  foto noticia 2 
 foto noticia 3  foto noticia4

Fotografias: João José Bica/Portal do Governo

---

Pode subscrever aqui as nossas comunicações eletrónicas para receber informação atualizada.

17 de junho de 2020